O Arqueiro Zen e o Trabalho do Ator

O Japão é conhecido por suas tradições e disciplinas, exerce uma ótima influência para quem admira esses fundamentos. Dentro da Arte do Arqueiro, podemos ter a noção do quão superficial é o conhecimento ocidental sobre a cultura oriental.

(Imagem ilustrativa do Japão)

O livro " A Arte Cavalheiresca do Arqueiro Zen" de Eugen Herrigel, tem muito para ensinar, principalmente sobre a jornada e não sobre o objetivo. O arqueiro japonês é ensinado desde cedo a treinar sua técnica e não para acertar o alvo. Para acertar o alvo, é necessário ter sincronia entre corpo e a mente, atingindo um estado quase inconsciente. Durante os exercícios do arqueiro, o corpo é trabalhado como uma máquina e é ensinado a trabalhar os movimentos em constante repetição. Esse processo possibilita ao arqueiro a encontrar aquele ponto inconsciente, sem raciocinar.